A técnica de preparo do sorvete tailandês chama a atenção dos amantes dessa sobremesa gelada.

E não foi diferente com Roger Alex Rodrigues.

O empreendedor viajou para a Tailândia e encantou-se pela forma inusitada com que os sorveteiros tailandeses preparavam a massa.

Ele teve a ideia de importar a técnica para o Brasil, abrindo uma sorveteria inspirada nos sorvetes feitos à moda tailandesa.

O empreendimento foi tão bem sucedido que em pouco tempo o negócio expandiu e transformou-se em uma rede de franquias.

Veja nesse artigo como foi a trajetória do empreendedor até alcançar a marca dos R$6,5 milhões de faturamento.

Talvez esse outro artigo também possa ser do seu interesse: Programa para sorveteria muda a rotina nas franquias da Torcidinho

Ice Cream Roll: a trajetória da franquia que fatura R$6,5 milhões em sorvetes tailandeses

Tudo começou com uma viagem em terras tailandesas.

No começo de 2017, Roger Alex Rodrigues estava passando suas férias na Tailândia e, por acaso, deparou-se com sorveteiros preparando um tipo de sorvete na chapa nas ruas tailandesas.

A cena atraía um público curioso para experimentar o sabor daquele sorvete diferente, mas também para assistir à técnica com a qual era preparado.

Roger era um desses curiosos e não resistiu: também se aproximou da multidão e ficou fascinado com o que viu.

Com muita habilidade, os sorveteiros manipulavam uma massa com duas espátulas em cima de uma chapa gelada.

Observando aquilo, Roger achou que pudesse ser uma ótima ideia para abrir um negócio no setor de sorvetes.

Assim, decidiu investir na abertura de uma sorveteria especializada em sorvetes à moda tailandesa no Brasil.

O empreendedor pesquisou os equipamentos necessários para tal empreendimento e estudou a fundo a técnica de preparo para pôr em prática sua ideia.

Roger foi o idealizador da Ice Cream Roll: a franquia especializada em sorvetes tailandeses. Imagem: divulgação

O Começo de tudo

O primeiro quiosque da Ice Cream Roll foi aberto no mesmo ano (2017), no shopping de Indaiatuba, em São Paulo.

Como era uma novidade, Roger teve que iniciar sozinho o seu negócio. Portanto, ele mesmo produzia e vendia os sorvetes.

Com o tempo, o empresário adquiriu experiência, aprimorou a técnica e investiu em equipamentos melhores.

Depois, ofereceu treinamento para novos colaboradores e formou sua própria equipe.

Rapidamente, os sorvetes tailandeses caíram no gosto do brasileiro e Roger expandiu o negócio para o modelo de franquia.

Hoje, a Ice Cream Roll conta com 13 unidades nos estados de São Paulo e no Rio de Janeiro. Dessas, três são unidades próprias e as outras são franqueadas.

Foi por conta dessa recepção tão calorosa do mercado e por sua inovação que a Ice Cream Roll  faturou R$ 6,5 milhões em 2018 vendendo sorvestes tailandeses! 

Além de ter tornado-se uma aposta de investimento para 2020 no mercado de franquias.

Investir em uma franquia da Ice Cream Roll é aposta para 2020. Imagem: divulgação

Quando surgiu e como é preparado o Sorvete Tailandês?

Também conhecido como sorvete na chapa, a técnica de preparo do sorvete tailandês surgiu em 2009 na Tailândia (como o próprio indica).

Ela se tornou popular por meio de vídeos que viralizaram na internet e se espalharam por todo o mundo.

Basicamente, trata-se de uma base líquida de leite  que é misturada a diversos acompanhamentos, como frutas,  chocolates e castanhas.

A base é despejada sobre a máquina de sorvete tailandês, que consiste em uma chapa gelada que pode chegar até -30 cº!

Junto à base, acrescentam-se os acompanhamentos. Ambos são manipulados e triturados com as espátulas até que a massa chegue ao ponto adequado da consistência do sorvete.

Por fim, utiliza-se as mesmas espátulas para fazer rolinhos de sorvete e colocá-los em potes ou casquinhas.

Tudo é feito artesanalmente na hora e na frente do cliente, que pode personalizar os acompanhamentos que deseja.

A aparência é bem diferente das bolas de sorvete a que estamos acostumados no Brasil. 

O sabor também é um tanto diferente, já que os acompanhamentos utilizado costumam estar in natura, o que faz a massa ser menos industrializada.

A técnica tailandesa de preparo dos sorvetes chama a atenção dos clientes. Imagem: divulgação

O mercado de sorvetes no Brasil

O sorvete é considerado uma das sobremesas mais preferidas dos brasileiros.

De acordo com a Associação Brasileira das Indústrias e do Setor de Sorvete (Abis), cada brasileiro consome em média 5,4 litros por ano dessa sobremesa gelada.

Assim, o segmento destaca-se como um investimento promissor para empreender na área da alimentação.

Apostar em ideias inovadoras é a receita de sucesso para se inserir e conquistar o mercado de sorvetes, assim como fez Roger com a Ice Cream Roll.

Escolha o sistema ideal para a sua sorveteria

Vai abrir a sua sorveteria e ainda não sabe qual sistema escolher para gerenciá-la?

Escolha o Programa Consumer!

O Consumer é um sistema para sorveteria completo e exclusivo para negócios na área da alimentação.

Com ele, os processos de gestão e atendimento da sua sorveteria serão simplificados com o uso da tecnologia.

Faça um teste grátis por 15 dias e experimente o melhor software de gestão para o seu negócio!

Participe e deixe seu comentário abaixo.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.