Skip to main content

Restaurantes que trabalham com frituras precisam escolher um equipamento essencial para suas cozinhas: fritadeira – a gás ou elétrica.

Por exemplo, hamburguerias, food truck, pastelaria e lanchonetes estão entre os segmentos de restaurantes em que a fritadeira é indispensável. Isto é, dependem dela para o preparo de uma boa parte dos itens do cardápio.

Assim, para tomar a decisão entre qual modelo é melhor, a gás ou elétrica, é preciso levar diversos fatores em consideração.

Afinal, cada modelo de fritadeira apresenta vantagens e desvantagens, dependendo do tipo de negócio do restaurante.

Portanto, o recomendável é fazer uma pesquisa para entender como funciona cada modelo de fritadeira e qual melhor atender às necessidades do seu restaurante.

Então, pensando nisso, criamos esse conteúdo para dar uma “mãozinha” para você nessa tarefa e ajudar a escolher a melhor opção de fritadeira para o seu restaurante.

Aqui, você vai poder conferir:

  • O Que é uma Fritadeira Industrial?
  • Como Funciona a Fritadeira a Gás?
  • Como Funciona a Fritadeira Elétrica?
  • Qual a Melhor para Restaurantes: Fritadeira a Gás ou Elétrica?

Boa leitura!

O Que é uma Fritadeira Industrial?

A fritadeira industrial é um dos equipamentos para restaurantes usado para fritar alimentos e pratos em cozinhas industriais.

Elas têm capacidade maior de fritar mais alimentos e atingem temperaturas elevadas e são usadas no preparo de diversos pratos, por exemplo:

  • Coxinhas
  • Batata fritas
  • Pastel
  • Bolinhos de carne
  • Kibe
  • Frango

Com isso, tem-se as deliciosas frituras douradas e crocantes que muita gente ama.

Existem dois tipos de fritadeira industriais para restaurantes no mercado: a gás e elétrica. Ambas alcançam o resultado que se espera delas – fritar –, mas usam fontes de energia diferentes para atingi-lo.

Além disso, esses dois tipos de fritadeira podem usar sistemas de fritura diferentes, sendo eles quatro: zona fria, tacho, sob pressão, água/sal e óleo.

Assim, cada modelo tem suas particularidades e pode atender melhor às necessidades do seu restaurante.

Como Funciona a Fritadeira a Gás?

A fritadeira a gás funciona a partir do aquecimento indireto do óleo por tubos de calor envoltos por óleo ou aquecendo a base da cuba por baixo, como um fogão esquenta a panela.

Confira suas principais vantagens e desvantagens:

Vantagens

  • Exige uma manutenção mais simples, pois não tem resistência elétrica
  • Não depende da energia elétrica para funcionar
  • Limpeza fácil
  • Aquece rapidamente
  • Economia de energia elétrica
  • Os alimentos ficam prontos em menos tempo

Desvantagens

  • O custo do gás pode ser alto
  • Instalação mais complexa, pois precisa de tubulação e sistemas de segurança contra vazamento
  • É mais difícil transportá-la para outros lugares
  • Demora mais para aquecer o óleo

Como Funciona a Fritadeira Elétrica?

A fritadeira elétrica funciona a partir de resistências elétricas que aquecem o óleo de forma direta por meio do Efeito Joule, como acontece em churrasqueiras elétricas.

Confira quais são as principais vantagens e desvantagens desse modelo:

Vantagens

  • É mais econômica do que a fritadeira a gás
  • Tem menos impacto ambiental
  • Instalação simples, basta ligar na tomada
  • Pode ser transportada de um lugar para outro com facilidade
  • Maior capacidade em transferir calor
  • Não há risco de vazamento de gás

Desvantagens

  • Depende 100% da energia. Portanto, se a rede de energia na sua região costuma cair ou oscilar, você poderá ficar na mão durante a produção.
  • A manutenção é mais complicada
  • Consome mais energia elétrica

Qual a Melhor para Restaurantes: Fritadeira a Gás ou Elétrica?

Após conhecer como funcionam os dois modelos de fritadeira disponíveis no mercado, chega o momento então de decidir qual a melhor para o seu restaurante: fritadeira a gás ou elétrica?

As fritadeiras elétricas atendem muito bem restaurantes com cozinhas menores, negócios de alimentação que necessitam deslocar o equipamento ou que não tem uma boa estrutura para instalar o sistema a gás. Por exemplo, os food trucks.

Isso porque as fritadeiras elétricas são mais práticas de instalar e transportar.

A fritadeira a gás, por outro lado, atende bem restaurantes localizados em lugares onde a energia elétrica é instável. 

Além disso, é ideal para restaurantes com alta demanda, visto que esse modelo frita mais rápido.

Portanto, concluímos que para saber qual a melhor opção de fritadeira para o seu restaurante, é necessário analisar qual modelo atende melhor às necessidades dele.

Consumer: o Melhor Sistema para Restaurantes

Para escolher o melhor sistema para restaurantes, você não precisa ter dúvidas: escolha o Consumer!

Afinal, o Consumer é o sistema que está há mais de 10 anos ajudando restaurantes a otimizarem seus processos com tecnologia.

São 30 mil restaurantes usando os recursos e soluções do Consumer todos os dias para melhorar a experiência do cliente e potencializar suas vendas.

Além de parcerias estratégicas para o crescimento do seu negócio, por exemplo, a parceria com o Sebrae e a parceria com o Google.

Assim, você terá tudo o que precisa para o crescimento do seu restaurante: equipamentos ideais e o melhor sistema do mercado.

Quer uma oportunidade de conhecer o Consumer Premium na prática durante quinze dias sem nenhum compromisso?

Experimente grátis!

Patricia Carvalho

Patricia Carvalho

Formada em Letras pela Unesp, possui cursos na área de produção de conteúdo, Copywriting e SEO. É redatora na Consumer, buscando sempre trazer conteúdo de valor para donos(as) de bares e restaurantes.

Deixe um Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.