Skip to main content

A escolha do ponto comercial para restaurante representa um diferencial competitivo e, portanto, um fator determinante na decisão de compra do cliente.

Assim, saber como escolher o melhor ponto comercial está entre os principais desafios de quem vai abrir seu negócio na área da alimentação.

Embora seja importante, na maioria das vezes, não se dá a devida atenção para essa tarefa na hora de planejar abrir um restaurante.

Entretanto, é preciso ter em mente que essa escolha poderá ser decisiva para o sucesso ou o fracasso do empreendimento.

Por isso, preparamos este conteúdo para auxiliar você que está em busca do ponto comercial perfeito para o seu restaurante.

Continue lendo e anote todas as dicas para ter sucesso na escolha do imóvel para seu restaurante!

10 Dicas de Como Escolher o Melhor Ponto Comercial para Restaurante

Embora o Delivery tenha crescido nos últimos anos, o atendimento no salão continua sendo a preferência de uma boa parte dos consumidores.

Afinal, a experiência de frequentar o restaurante é totalmente diferente da experiência de pedir uma refeição por Delivery.

Em outras palavras, isso significa que o Delivery pode crescer ainda mais, mas sempre haverá demanda para os restaurantes, pois são dois tipos de experiências diferentes.

Então, escolher um imóvel para receber clientes no seu restaurante pode ser um fator de sucesso para o seu negócio.

Muitos aspectos influenciam essa escolha. Assim, é preciso paciência e tempo para tomar a decisão certa.

Isso porque ter que mudar de um ponto após abrir o seu restaurante e perceber que ele não era o melhor, trará dores de cabeça e prejuízos.

Confira abaixo nossas dicas de como escolher o melhor ponto comercial para restaurante!

1. Público-alvo

Para começar a procurar o imóvel para o seu restaurante, o primeiro passo é definir qual é o seu público-alvo. É possível determiná-lo fazendo o Plano de Negócio, assim você saberá o perfil dos seus consumidores:

  • Faixa etária
  • Poder aquisitivo
  • Gênero
  • Gasto médio com alimentação fora do lar
  • Comportamento de compra, entre outros.

A partir disso, você poderá orientar a procura por um ponto comercial onde o seu público-alvo está mais presente. Com isso, terá mais chances de atraí-lo para o seu restaurante.

O ponto comercial deve combinar com o seu público-alvo. (Imagem: Tony Lee/Unsplash)

2. Localização do Ponto Comercial

Quando for visitar uma opção de imóvel, avalie não somente sua infraestrutura, mas também a região onde está localizado.

A localização deve estar de acordo com o item anterior, o público-alvo, assim como o segmento do seu negócio na área da alimentação.

Algumas perguntas poderão ajudar, por exemplo:

  • É uma região residencial ou comercial? 
  • É um restaurante de luxo ou popular?
  • Há muito ou pouco tráfego de pessoas?
  • É seguro ou perigoso?

Além disso, confira se a localização garante visibilidade para que o seu restaurante não passe despercebido pelos consumidores.

3. Concorrência nos Arredores

Ao contrário do que muitos pensam, a concorrência nem sempre é um fator negativo para o seu restaurante e ela deve ser considerada na escolha do ponto comercial.

Se há concorrência nos arredores do local, mas ela aparenta não dar conta da demanda, isto é um bom sinal para você. Significa que há espaço para o seu negócio.

Um indicador disso são longas filas ou clientes que esperam muito para serem atendidos.

Entretanto, fique atento também se a concorrência já supre a demanda local, pois, se isso acontece, não será uma boa escolha ter um ponto comercial ali.

4. Tenha Mais de Uma Opção

Não dá para apostar apenas em um imóvel. O ideal é ter em vista mais de uma opção, pois assim você poderá comparar e negociar.

Por isso, é preciso tempo e paciência para visitar e conhecer vários imóveis. 

Assim, você terá mais opções para escolher aquele que realmente se encaixe nos seus requisitos e que seja perfeito para o restaurante que vai abrir.

Avalie a concorrência da região. Lugares lotados indicam demandas não supridas e uma oportunidade para você. (Imagem: Steven Lasry/Unsplash)

5. Acessibilidade

Outro aspecto importante para escolher o melhor ponto comercial para restaurante tem a ver com a acessibilidade do local.

É necessário que o ímovel seja de fácil acesso para os clientes, isto é, que seja fácil de encontrar e de chegar até ele.

Por exemplo, se estiver localizado em uma região de muito movimento, ter um local para estacionar ou uma parceria com algum estacionamento facilitará o acesso.  

Além disso, também garanta acessibilidade também para pessoas com deficiências, gestantes e crianças. Assim, não haverá nenhum tipo de desconforto para esses clientes frequentarem o seu restaurante.

6. Espaços Disponíveis

Não importa qual seja o porte do seu estabelecimento – grande, médio, pequeno ou micro –, o ponto comercial precisa oferecer o espaço adequado para todos ambientes.

Cada ambiente deve contar com um espaço que otimize as operações às quais se destina de maneira funcional. Por exemplo:

  • Salão principal
  • Cozinha industrial
  • Estoque
  • Banheiros
  • Deck (se houver), entre outros.

Tenha em mente que o cliente precisa se sentir confortável e os funcionários precisam de um ambiente adequado para realizar um bom trabalho.

7. Aluguel

Você saiu em busca, se dedicou e encontrou o ponto comercial dos seus sonhos para abrir seu restaurante. Mas tem um “porém”: o preço do aluguel está bem salgado.

Será que vale a pena investir? Bom, só você poderá responder a essa pergunta, mas é essencial que analise se esse investimento está dentro do seu orçamento.

Isso porque o aluguel é uma das despesas fixas mais altas da maioria dos negócios e pode ser um risco começar com o orçamento já tão comprometido.

Principalmente, considerando que os primeiros meses de abertura não trazem muito retorno financeiro.

Considere os gastos para reformar o imóvel. (Imagem: Freepik)

8. Reformas e Melhorias

Por mais que você encontre um ponto comercial para seu restaurante muito próximo do que imaginou, é quase impossível que não haja reformas e melhorias a fazer.

Afinal, com certeza você terá que fazer adaptações para deixar o estabelecimento do jeito que planejou inicialmente.

Entretanto, alguns imóveis irão precisar de mais reformas e melhorias, enquanto outros precisarão de menos.

Então, este é um fator que você também precisa levar em consideração, pois quanto mais alterações, maior será o gasto no orçamento.

Optar pelo imóvel que precise de menos adaptações é um caminho. Contudo, tentar negociar os custos com o locatário também é uma opção.

9. Normas e Legislações

Antes de fechar o contrato com o locatário e tirar o sonho de abrir seu restaurante do papel, verifique as normas e legislações do município para não correr riscos.

Por exemplo, é preciso a aprovação do projeto arquitetônico junto à vigilância sanitária, bem como cumprir os requisitos de infraestrutura.

Assim, você evita um prejuízo futuro de multas e até mesmo fechamento do seu estabelecimento.

10. Contrato

Por último, e muito importante, estude a fundo o contrato de locação para não ter surpresas desagradáveis no futuro.

Por exemplo, o prazo de locação do imóvel e multas de rescisão de contrato.

O ideal é contar com o auxílio de um advogado especialista no assunto para analisar todos os detalhes e cláusulas do contrato, assim como seus direitos e deveres.

Assim, você poderá negociar com o locatário para que cheguem em um acordo satisfatório para ambas as partes.

Escolha o Consumer para a Gestão do Seu Restaurante

Até aqui, trouxemos dicas valiosas para você saber como escolher o melhor ponto comercial para o seu restaurante.

Agora, temos mais uma dica que fará toda diferença para o sucesso do seu negócio: o melhor sistema para restaurantes.

O Consumer é o sistema mais completo do mercado e oferece todas as soluções que você precisa para gerir com eficiência, praticidade e rapidez.

Ele vai acompanhar e auxiliar o seu restaurante desde o início até o crescimento, em todas as etapas, sem deixá-lo na mão. No Consumer, você vai encontrar:

Aliás, você já pode começar a conhecer o Consumer na prática, testado gratuitamente por 15 dias para ver de perto tudo o que ele oferece.

Experimente grátis!

Patricia Carvalho

Patricia Carvalho

Formada em Letras pela Unesp, possui cursos na área de produção de conteúdo, Copywriting e SEO. É redatora na Consumer, buscando sempre trazer conteúdo de valor para donos(as) de bares e restaurantes.

Comentários

Deixe um Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.