Skip to main content

Os Alimentos Integrais são grãos e cereais que não passaram por processos de refinamento. 

Eles conservam as vitaminas, minerais e fibras originais intactos e, consequentemente, também mantém os benefícios à saúde.

Eles ganham fãs todos os dias, principalmente entre os adeptos de um estilo de vida mais saudável, por conta dos seus benefícios à saúde e papel no emagrecimento.

Todos os rótulos, propagandas e dizeres que incluem as palavras “alimentos integrais”, com certeza, chamam a atenção do público fit.

É por isso que ter essas opções no seu cardápio ajudará você a conseguir mais clientes.

Confira o que são os alimentos integrais e quais ingredientes práticos e saudáveis para incluir no cardápio.

Qual a Diferença de um Alimento Integral para um Alimento Convencional?

Como já sabemos, os alimentos integrais são aqueles que não passaram por processos de refinamento e industrialização.

Esses procedimentos são muito comuns no preparo da maioria dos alimentos que consumimos no dia a dia, antes que eles cheguem às prateleiras dos supermercados.

Trata-se de uma limpeza para torná-los mais atrativos aos olhos e ao paladar. 

Com esse processo de industrialização:

  • As cores das sementes ficam mais homogêneas;
  • O sabor fica mais acentuado;
  • Os cereais ficam mais crocantes;
  • Todas as “peles” e cascas são removidas das sementes;
  • O alimento, em geral, fica muito mais fácil de conservar, embalar e consumir.

Parece um procedimento interessante, não é mesmo? 

O problema desse processo é que ele envolve muitos produtos químicos que removem as partes mais nutritivas dos grãos e sementes.

Por conta de tudo isso, a diferença entre alimentos integrais e industrializados é visível:

Alimentos Integrais Alimentos Refinados
Alto teor de fibras e outros nutrientes; Maior presença de amido e glúten;
Passam a sensação de saciedade rapidamente; Adiciona-se sal para dar sabor ao que foi removido no processo de refinação;
São consumidas em porções pequenas; É incentivado o consumo em maior quantidade através da adição de ingredientes químicos;
São ideais para quem quer emagrecer. Auxiliam no ganho de peso.

Nada disso parece muito bom, não é mesmo?

Realmente: apesar de estarmos muito acostumados a consumir produtos industrializados, eles não fazem muito bem à saúde e podem causar problemas sérios a longo prazo.

Os alimentos integrais são bastante diferentes dos convencionais e isso dita os benefícios dos grãos e cereais integrais.

Quais São os Benefícios dos Alimentos Integrais?

São muitos os benefícios dos alimentos integrais. Reunimos alguns para que você saiba o motivo de atraírem tantos paladares.

1. Contém Fibras Insolúveis

Existem dois tipos de fibras, as insolúveis são aquelas que o corpo tem mais dificuldade de processar.

Por isso, quando pouca quantidade de fibras é ingerida, logo o corpo já sente que está saciado.

Dessa forma, as porções que ingerimos de amendoins e sementes integrais acabam por ser bem pequenas em relação à quantidade de outros alimentos.

É por conta disso que tantas pessoas adeptas de um estilo de vida saudável adoram fazer lanches com nozes, castanhas e amendoins.

2. Combate ao Colesterol

Da mesma forma que existem dois tipos de fibras, existem dois tipos de colesterol.

O colesterol ruim, o LDL, que causa acúmulo das artérias, está diretamente conectado ao outro tipo de fibra, as fibras solúveis.

Como os grãos e sementes integrais contém muita fibra solúvel eles ajudam a combater o colesterol ruim, ajudando a dissolvê-lo.

3. Combate à Diabetes

Quem é diagnosticado com diabetes ou tem tendência a ter essa doença, normalmente recebe recomendações para dar preferência ao consumo de alimentos integrais.

Isso acontece justamente devido ao papel da fibra solúvel, que impede que o açúcar chegue com toda a sua força no organismo.

4. Combate à doenças cardiovasculares

As mesmas fibras presentes nos alimentos não industrializados também fazem o papel em ajudar a evitar esses problemas de saúde.

Principalmente quando, em oposição aos alimentos refinados, eles contêm menos sal e açúcar, diminuindo a variação brusca na pressão arterial.

Os benefícios dos alimentos integrais vão além do que imaginamos.

Agora é mais fácil entender que essa história de alimentos integrais não é só papo de academia, não é?

Eles realmente são ideais para manter a alimentação equilibrada no dia a dia.

Agora, vamos conferir alguns ingredientes integrais para incluir no cardápio e reunir os amantes desses alimentos na porta do seu restaurante.

Quais são os Alimentos Integrais Perfeitos para Incluir no Cardápio?

Se você já tem um restaurante e está procurando formas de inovar, está no lugar certo.

Que tal também conferir nossos artigos e aprender como mudar o design do seu cardápio para vender mais, e como trabalhar com pratos vegetarianos e veganos?

1. Arroz Integral

Essa é uma opção muito procurada por pessoas procurando emagrecer.

É um ingrediente digno de atenção dos donos de marmitarias. 

Afinal, os clientes que têm dietas restritas e não têm tempo de cozinhar, irão procurar opções mais saudáveis fora de casa.

Se você fazer essa simples inclusão no seu cardápio, com certeza já contará com um diferencial acima da concorrência.

O preparo do arroz integral é um pouco diferente do arroz branco: ele exige mais tempo para ficar totalmente cozido. 

Portanto, é importante fazer alguns testes antes de tudo, como se faz com qualquer ítem novo do cardápio.

Outra dica interessante é usar a criatividade nos temperos. 

Lembra que mencionamos como o processo de industrialização ajuda a tornar o sabor das sementes mais atraentes? Com o arroz não é diferente. 

Portanto, use temperos diferenciados para valorizar seu prato.

2. Pão Integral

Essa ideia é ótima para hamburguerias e lanchonetes. 

O pão integral é feito com farinha de trigo integral, tornando-se mais saudável por passar por um processo menos agressivo.

Outro atrativo é que a maior parte desses pães não contém glúten. 

Dessa forma, você inclui uma quantidade gigantesca de clientes diferenciados no grupo de potenciais clientes.

É importante, apenas, ter um cuidado: se for preparar esses pães na casa, é preciso ter um espaço dedicado exclusivamente a eles.

Isso é relevante pois há muitas pessoas que são alérgicas à glúten e, por conta de uma contaminação acidental, podem ter uma crise.

Os pães integrais são um dos produtos do tipo mais procurados.

3. Macarrão Integral

Tanto marmitarias quanto outros tipos de restaurantes podem trabalhar com o macarrão integral.

Ele tem os mesmos benefícios do pão e do arroz, exigindo os mesmos cuidados: o preparo leva mais tempo e exige mais criatividade.

Geralmente rotisseries oferecem esse macarrão para ser preparado pelo próprio cliente em casa. 

Isso é uma ótima ideia, pois traz uma solução à inúmeras pessoas que têm dietas restritas seja por emagrecimento ou alergia.

Entretanto, é importante tomar o mesmo cuidado quando a massa é preparada pelo restaurante: deve-se atentar à contaminação acidental de glúten.

4. Cereais Integrais

Existem vários tipos de cereais integrais, todos são ricos em fibras e costumam fazer parte do café da manhã de muitas crianças e pessoas com foco em emagrecimento.

Dessa forma, se seu restaurante oferece café da manhã, é imprescindível que os cereais estejam lá.

Eles podem ser complementados por frutas, iogurte e leite desnatado, para manter o propósito saudável.

Caso você queira saber mais sobre como fazer um cardápio infantil, confira nossas dicas nesse post.

Quais São os Alimentos Integrais, o Que os Diferencia dos Convencionais e Como Vender Mais com Eles

Concluindo, vemos que os produtos integrais são aqueles que não passaram pelos processos de refinamento e industrialização tradicionais.

Por conta disso, eles conservam seus nutrientes intactos.

Eles são ideais para quem valoriza saúde e bem estar.

Ricos em fibras, eles têm muitas diferenças dos alimentos refinados, principalmente quando o assunto é saúde.

Por conta disso, atraem olhos quando são incluídos em cardápios de restaurantes.

Se você procura soluções para melhorar o seu cardápio, já pensou em  ter um cardápio online?

Mantenha seu Estabelecimento Atualizado com as Tendências do Mercado

Para aumentar o ticket médio do seu restaurante, uma das soluções é manter-se atualizado com as novas tendências da área.

Se você tem um cardápio online, reformulá-lo é muito mais simples, você pode:

  • Divulgar o delivery do seu restaurante;
  • Receber pedidos pelo site do seu restaurante;
  • Integrar pedidos do Ifood;
  • Agilizar a entrega com a Rota Otimizada.

Você ainda pode continuar reformulando os ítens do menu quantas vezes quiser, sem medo de gastos desnecessários.

Essas são apenas algumas vantagens do MenuDino, o site e app com o nome do seu restaurante.

O MenuDino é integrado ao Consumer, programa para gestão de estabelecimentos na área da alimentação.

O melhor é que você pode testar por 15 dias de graça! Confira em primeira mão.

Renove-se. Use o Consumer e toda a nossa plataforma para se manter no topo.

Nos preocupamos com seu crescimento e sucesso todos os dias, é por isso que sempre temos artigos novos para te manter por dentro do que acontece no mercado. 

Continue acompanhando nosso blog.

Letícia Gama

Letícia Gama

Formada em Letras pela UNESP. Atualmente Analista de Marketing na Consumer, sistema para restaurantes com melhor custo benefício. Certificada pelo Google e em constante estudo em busca das melhores práticas do Marketing Digital.

Deixe um Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.