Skip to main content

Muitos donos de restaurantes ainda estão pensando se vale a pena ou não incluir opções de pratos vegetarianos e veganos em seu cardápio.

Talvez esse seja o momento ideal para tomar uma decisão favorável à inclusão de um cardápio vegetariano e vegano. 

Isso porque além de um movimento global com cada vez mais adeptos, o mercado de alimentação vegetariana e vegana já é uma tendência contemporânea.

Por que investir no mercado Vegetariano e Vegano?

Uma pesquisa realizada recentemente pelo IBOPE aponta que 29 milhões de brasileiros se declaram vegetarianos atualmente

Esse número representa 14% de consumidores em busca de restaurantes que ofereçam refeições vegetarianas e veganas.

Juntam-se a esses consumidores pessoas com restrições alimentares, como os celíacos.

Além de outras que preferem uma alimentação mais saudável.

Eles encontram dificuldade para se alimentar fora do lar, já que boa parte dos estabelecimento ainda resistem à ideia de adaptar seu cardápio.

Pois é, e apesar de tantos clientes potenciais, há ainda muitos dúvidas em torno da dieta sem consumo da carne animal.

Principalmente quando se trata de incluir pratos vegetarianos e pratos veganos no cardápio de restaurantes.

Porém, os negócios mais atentos às oportunidades de crescimento já perceberam que é preciso se adaptar.

Assim, alguns já estão incorporando comidas veganas e vegetarianas ao menu para atender essa demanda do mercado.

Para que você não perca essa oportunidade de crescer, vamos mostrar como incluir opções vegetarianas e veganas no seu cardápio.

Incluir pratos vegetarianos e veganos pode atrair mais clientes para o seu restaurante. (Imagem: Freepik)

Continue a leitura e fique atento(a) a todas as dicas!

Qual a diferença entre Vegetarianismo e Veganismo?

Para início de conversa, é preciso explicar que existe uma diferença entre a dieta vegetariana e a dieta vegana.

O que elas possuem em comum é o fato de não inserir nenhum tipo de carne animal em suas receitas.

Veja abaixo os detalhes sobre cada uma dessas dietas:

O que é o Vegetarianismo?

O vegetarianismo pode ser motivado pela escolha da própria pessoa por uma dieta mais saudável ou por respeito aos animais.

E pode, também, ser uma questão de saúde.

Segundo a Sociedade Vegetariana Brasileira, há diferentes tipos de vegetarianismo:

  • Vegetarianismo estrito: não consomem carne animal, ovos, mel, leite e derivados. Também não consomem nenhum produtos que tenham derivados de animais, como a gelatina.
  • Lactovegetariano: não consomem carne animal nem ovos, mas consomem leite e seus derivados.
  • Ovovegetariano: não consomem carne animal nem leite e seus derivados, mas consomem ovos.
  • Ovolactovegetariano: não consomem carne animal, mas consomem ovos, leites e seus derivados.

O que é o Veganismo?

Assim como o vegetarianismo estrito, no veganismo não se consome nenhum tipo de carne, ovos, mel, leite e derivados.

Além de nenhum alimentos derivado de animais.

Porém, o veganismo não se restringe apenas à alimentação e é uma escolha da pessoa.

Seus adeptos não utilizam:

  • roupas
  • produtos para higiene
  • limpeza
  • ou quaisquer itens que tenham origem animal.

Dessa forma, o veganismo é mais do que um dieta, é um estilo de vida em prol dos animais.

Como incluir pratos vegetarianos e veganos no cardápio de restaurantes?

Sabemos agora que vegetarianismo e veganismo não se tratam exatamente da mesma coisa.

Agora, resta saber se é possível agradar a gregos e troianos, ou melhor, vegetarianos e veganos.

Não é tão difícil quanto você possa estar imaginando.

Além disso, as receitas vegetarianas e veganas podem ser consumidas por qualquer cliente.

Por isso, ao serem preparadas, tais receitas devem atender ao gosto não só adeptos ao vegetarianismo e ao veganismo, mas dos não adeptos também.

O principal cuidado a ser tomado é deixar especificado os ingredientes utilizados em cada receita.

No cardápio digital ou no cardápio online do MenuDino, esse detalhamento é bem simples de ser feito.

Basta colocar a descrição exata dos pratos junto à foto deles.

E se você tiver seu aplicativo de delivery na mesma plataforma, é possível criar uma categoria especialmente para comida vegetarianas e veganas.

Vamos  às ideias de como incluir comidas vegetarianas e veganas no cardápio?

Vamos lá!

1. Pratos vegetarianos simples para o dia a dia

Ter opções para alimentação rápida e simples para o dia a dia é uma forma fácil de incluir opções vegetarianas e veganas no seu cardápio.

Algumas dicas de pratos são:

  • Salada de frutas
  • Lanches naturais com pão integral e recheios à base de leguminosas, maionese abacate ou pasta de grão de bico
  • Saladas de folhas com castanhas e frutas
  • Wrap de couve com recheio de guacamole
  • Vitaminas de frutas com água de coco, suco de laranja, leite de amêndoas ou de soja
  • Smoothie de banana

Essas são ótimas opções para ter disponível no cardápio, além de serem super fáceis de preparar!

E tanto vegetarianos quanto não vegetarianos poderão prová-las.

Lanches naturais são uma boa opção de prato vegetariano para o dia a dia.

2. Pratos vegetarianos quentes

Quando bate aquela vontade de fazer uma refeição mais completa, no almoço ou no jantar, há muitas opções de pratos vegetarianos e veganos quentes.

Uma boa dica é saber quais alimentos podem substituir a proteína animal.

Com certeza, você deve ter pensado de imediato na carne de soja.

Porém, as leguminosas como grão de bico, ervilhas e lentilhas são mais ricas em proteína vegetal.

A partir delas, é possível criar uma infinidade de combinações que vão dar água na boca até nos carnívoros mais irredutíveis.

Algumas opções para você incluir no seu cardápio são: 

  • O típico arroz e feijão com batata frita (ou cozida)
  • Estrogonofe vegano com palmito e cogumelo
  • Macarrão com brócolis e castanhas
  • Caldo de mandioquinha
  • Espaguete de Abobrinha
  • Berinjela à parmegiana

As sopas são práticas e ótimas opções de pratos vegetarianos quentes. (Imagem: Freepik)

3. Pratos vegetarianos gourmet

Engana-se quem pensa que os vegetarianos e os veganos se alimentam apenas de comidas “basiquinhas”.

Muitos estabelecimentos na área da alimentação têm investido em pratos vegetarianos e  veganos gourmet.

A saída desse tipo de prato nos restaurantes é bem grande.

Pois agradam os paladares do seu público e porque ainda são poucos os lugares que os oferecem.

Aqui estão algumas opções de pratos vegetarianos que você pode incluir no seu cardápio:

  • Ratatouille vegano
  • Pizza de cogumelo 
  • Risoto de legumes vegano
  • Batata rostie recheada
  • Guacamole com nachos
  • Yakisoba vegetariano
  • Hambúrguer de lentilha

O Ratatouille vegano é uma deliciosa opção de prato vegetariano para incluir no seu cardápio. (Imagem: Freepik)

Viu? Dá para criar várias receitas que atendam às demandas dos vegetarianos e veganos.

É preciso estar atento e aberto a essas novas oportunidades de negócio.

Mas muita atenção na hora de preparar: não misture ou frite os ingredientes do prato vegetariano em recipientes ou óleo que tiveram contato com carne. 

Isso contamina o alimento  e pode ocasionar em processo e na provocação de alergia em quem tem restrições alimentares.

Além disso, saiba escolher bem quais pratos vegetarianos incluir em seu cardápio. 

É necessário que eles harmonizem com o tipo de comida oferecida em seu estabelecimento.

Assim, não passará a impressão de estarem ali apenas para “dizer que tem”.

Não se Esqueça: Divulgue seus Pratos Vegetarianos e Veganos!

Ter opções vegetarianas e veganas no cardápio não basta, é preciso divulgá-las!

Só assim o público alvo saberão que pode consumir no seu estabelecimento.

E serve também para mostrar que o seu restaurante tem um diferencial que a maioria dos outros estabelecimentos não tem.

Fazer anúncios divulgando os pratos chamará muita atenção dos consumidores!

Além das redes sociais, ter um aplicativo próprio pode ajudá-lo nessa missão.

Com o site ou aplicativo de delivery do MenuDino, você pode criar uma categoria no aplicativo e dar mais destaque para os pratos vegetarianos e veganos.

Desenvolvido pelo Programa Consumer, com o MenuDino você não paga nenhuma taxa sobre suas vendas.

E ainda terá como gestor do seu negócio um programa parceiro do SEBRAE e líder nacional de estabelecimentos integrados ao iFood.

Não perca tempo e conheça o Programa Consumer! 

Faça o teste grátis por 15 dias!

Patricia Carvalho

Patricia Carvalho

Formada em Letras pela Unesp, possui cursos na área de produção de conteúdo, Copywriting e SEO. É redatora na Consumer, buscando sempre trazer conteúdo de valor para donos(as) de bares e restaurantes.

6 Comments

Deixe um Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.