Skip to main content

O recurso de pagamento pelo WhatsApp Business ou WhatsApp Pay chegou ao Brasil em 15 de junho de 2020.

Mas, após o lançamento, o Banco Central suspendeu temporariamente o recurso até a empresa provar a sua competitividade e segurança de acordo com o  Sistema de Pagamentos Brasileiro (SPB).

Isso porque o BC acreditava que tal recurso poderia impedir um “ambiente competitivo, que assegure o funcionamento de um sistema de pagamento interoperável, rápido, seguro, transparente, aberto e barato”.

Entretanto, depois de análises, o Banco Central aprovou a liberação do recurso, que já pode ser utilizado desde março deste ano.

Muito esperado por micro e pequenas empresas, até o momento o recurso só está liberado para pessoas físicas. Mas o Facebook, dona do WhatsApp, já anunciou que também irá liberá-lo posteriormente para empresas.

Continue lendo para saber mais sobre o pagamento pelo WhatsApp e como usá-lo!

O Que é e Como Funciona o WhatsApp Pay?

Além de um aplicativo gratuito para troca de mensagens, o WhatsApp agora também pode ser usado para realizar pagamento pelo WhatsApp Pay.

Assim, a proposta do novo serviço no aplicativo é “enviar dinheiro para seus amigos e familiares […] ser tão fácil quanto enviar uma mensagem”.

Lançado na Índia e autorizado agora no Brasil, os dois países com mais usuários no aplicativo, o recurso permitirá o envio e o recebimento de dinheiro através da plataforma de forma simplificada.

Para isso, o serviço será feito por meio do Facebook Pay, o qual já é autorizado pelo Banco Central. A adquirente responsável pelos processamentos das operações no Brasil é a Cielo.

Além disso, há algumas regras para realizar pagamentos com o WhatsApp Pay:

  • Limite de R$1000,00 por transação
  • É permitido realizar até 20 transferências por dia
  • O valor total máximo de transferências por mês não pode ultrapassar R$5000,00

Outra observação importante é o fato de que os pagamentos feitos no WhatsApp Pay não podem ser cancelados.

Portanto, é preciso tomar os devidos cuidados ao realizar uma transação financeira no aplicativo.

O Banco Central autorizou o WhatsApp Pay no Brasil. (Imagem: divulgação WhatsApp)

Pequenas e Médias Empresas Já Podem Usar o Pagamento pelo WhatsApp?

A expectativa de donos(as) de pequenos e médios empreendedores para usar o WhatsApp Pay é alta. Entretanto, o recurso ainda não está disponível para esse público.

Isso porque o pagamento pelo WhatsApp, por enquanto, está disponível apenas para pessoas físicas. Contudo, a empresa já anunciou que futuramente também estará disponível para empresas, mas sem determinar datas.

Além disso, o WhatsApp Pay é gratuito para pessoas físicas, mas irá cobrar taxas das empresas quando o recurso for liberado para elas.

Como Fazer o Pagamento pelo WhatsApp Pay?

Antes de tudo, para começar a fazer o pagamento pelo WhatsApp Pay, a primeira coisa a se fazer é atualizar o aplicativo na Play Store ou Google Play.

Então, é preciso ter conta em um dos seguintes bancos participantes/parceiros:

  • Banco do Brasil
  • Banco Inter
  • Bradesco:
  • Itaú
  • Mercado Pago
  • Neon
  • Next
  • Nubank
  • Santander
  • Sicredi
  • Woop, a conta digital da Sicredi

Outro requisito exigido para realizar a transferência do dinheiro é que quem envia e quem recebe precisam ter conta no mesmo banco.

Além disso, você deve cadastrar um cartão de débito, um cartão múltiplo com função débito ou um cartão pré-pago emitido por um dos bancos parceiros no Facebook Pay.

(Imagem: reprodução/WhatsApp)

Depois de cumprir esses pré-requisitos, confira a seguir os próximos passos para realizar o pagamento pelo WhatsApp Pay:

1º Passo

Primeiro, abra uma conversa com quem você vai fazer a transferência, o contrato precisa estar salvo no seu celular.

Se o sistema do seu celular for o Android, clique no ícone do clipe de papel; Se for Iphone, clique no ícone (+).

2º Passo

Então, selecione o ícone “Pagamento” e coloque o valor que irá transferir e escolha entre “Pagar” ou “Solicitar”.

Se desejar, você também pode inserir um recado opcional.

3º Passo

Agora, clique em “Pagar”. Se você ainda não tiver cadastrado a forma de pagamento, o WhatsApp irá pedir para adicioná-la.

Mas, se seu cartão já estiver cadastrado, basta colocar a senha utilizada no Facebook Pay para aprovar a transação de envio de dinheiro, podendo ser o PIN ou a biometria do celular.

4º Passo

Se todos os passos foram realizados com sucesso, a transferência irá aparecer como uma mensagem na conversa.

Então, basta o destinatário clicar na mensagem para aceitar o pagamento e o dinheiro cair na sua conta. Pronto, a transferência está finalizada!

Receba pagamentos pelo Pix e cartão de débito no Menudino!

Receba Pagamentos Online e Pagamentos via Pix no seu Site e App MenuDino

Não se preocupe por não poder receber seus pagamentos pelo WhatsApp Pay no seu restaurante ou Delivery, o MenuDino já tem uma solução para você!

Com o Site Delivery Grátis do MenuDino, você pode receber seus pagamentos online com cartão de débito ou pagamentos pelo Pix – sem taxas sobre os pedidos!

Seus pedidos por Delivery vão chegar diretamente no WhatsApp, mas seus pagamentos vão para a conta do seu negócio.

Além disso, você também pode ter o seu Aplicativo de Delivery próprio para receber seus pedidos integrados ao Consumer com o melhor custo-benefício do mercado.

O Aplicativo de Delivery do MenuDino tem ainda mais recursos para você utilizar para crescer o seu negócio:

  • Pagamento online e Pagamento pelo Pix
  • Notificações Push
  • Integração com o iFood
  • Cupons de desconto personalizados no App
  • Smart Delivery
  • App do Entregador

Comece já a receber pagamentos online e pagamentos pelo Pix no seu restaurante ou Delivery com o MenuDino.

Cadastre-se Grátis!

Patricia Carvalho

Patricia Carvalho

Formada em Letras pela Unesp, possui cursos na área de produção de conteúdo, Copywriting e SEO. É redatora na Consumer, buscando sempre trazer conteúdo de valor para donos(as) de bares e restaurantes.

4 Comments

Deixe um Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.