Skip to main content

Uma pane no WhatsApp surpreendeu milhares de usuários do aplicativo na última segunda-feira, dia 4 de outubro.

Durante cerca de 6 horas, não só o WhatsApp ficou fora do ar no mundo todo, como também o Instagram e o Facebook.

Até o momento, não foi divulgado os motivos que causaram a indisponibilidade dessas redes sociais.

Mas tal pane fez com que restaurantes que dependiam apenas do WhatsApp para vender por Delivery ficarem impedidos de receber pedidos por todo esse tempo.

Muitos desses empreendedores se deram conta de que estavam concentrando suas vendas em um único canal e que isso poderia representar um problema.

Continue lendo para entender por que depender exclusivamente do WhastApp não é uma boa estratégia para o seu Delivery!

Teste grátisPane no WhatsApp: Por que não Depender Apenas do WhatsApp como Sistema de Delivery?

Desde que surgiram, o WhatsApp e as redes sociais foram um marco para empreendedores e mudaram o comportamento de compra dos consumidores.

Afinal, ficou muito mais fácil comprar e vender online com as redes sociais, principalmente com o WhatsApp.

Assim, muitos restaurantes apostaram no sistema de Delivery pelo WhatsApp para receber seus pedidos por ser gratuito e sem taxas.

Entretanto, depender apenas de um canal de venda online representa um grande risco para quem tem Delivery. E isso ficou evidente após a pane do WhatsApp.

Aliás, essa não é a primeira vez que o WhatsApp fica fora do ar. Em junho de 2020 também houve uma pane no WhatsApp por mais ou menos duas horas e meia.

Então, há uma grande possibilidade de ocorrer outras vezes. Obviamente, todo sistema digital corre o risco de ficar indisponível em algum momento.

Isso pode acontecer até mesmo com empresas renomadas, como foi o caso do próprio Facebook, dono do Instagram e do WhatsApp.

O que não pode é você depender exclusivamente de um único canal para vender, pois ficará na mão quando ele falhar.

Assim, perderá vendas e terá prejuízos, como aconteceu agora com mais de 175 mil restaurantes que usam o WhatsApp para receber pedidos no Delivery.

Então, vamos mostrar agora outras opções para não depender apenas do WhatsApp para realizar suas vendas.

Pane no WhatsApp deixou restaurantes Delivery sem vender durante 6 horas.

Quais São Outras Opções para Vender no Delivery?

Para não ficar no prejuízo, donos(as) de Delivery de comida tiveram que recorrer a estratégias e outros canais para continuar vendendo até o WhatsApp voltar.

Alguns já contavam com mais de uma opção, outros tiveram que improvisar ou esperar o WhatsApp voltar a funcionar.

Assim, se você está entre os que tiveram que improvisar ou esperar o retorno do WhatsApp, é hora de pensar em outras alternativas para não ter prejuízo da próxima vez que isso acontecer.

Afinal, como diz a sabedoria popular, é sempre bom ter um plano B, C ou quantos forem necessários.

Por isso, vamos apresentar duas principais opções de canais de venda por Delivery para você oferecer aos seus clientes:

  • Telefone

Por incrível que pareça, o telefone salvou muitos restaurantes durante a queda no WhatsApp e pode ser uma opção para vender no Delivery.

Embora muitos clientes já não tenham mais o hábito de pedir por telefone, boa parte dos clientes mais idosos ainda preferem ligar para fazer seu pedido.

Assim, além de ter um canal a mais, você abrange a demanda para o público que consome no seu restaurante.

No Consumer, você pode receber os pedidos por telefone integrados ao aparelho bina que identifica as chamadas. 

Assim, quando o cliente liga e já está cadastrado no sistema, todas as informações dele aparecem na tela, como o endereço de entrega, ficando mais fácil finalizar o pedido.

Mas, se ele não for, algumas informações irão aparecer automaticamente e você poderá cadastrá-lo na hora com apenas alguns cliques.

Entretanto, o lado negativo do telefone é que a capacidade de receber pedidos é limitada e ainda precisará de um funcionário só para anotar os pedidos.

Além disso, os clientes podem perder a paciência em ficar esperando no telefone e desistir de comprar.

  • Aplicativo Delivery Próprio

A outra opção ainda mais recomendada é o Aplicativo de Delivery próprio, pois, com ele, seu Delivery tem um canal de vendas ágil e potente.

Um aplicativo próprio traz mais segurança e comodidade para os clientes, além de não deixar seu restaurante refém do WhatsApp.

Também é mais prático fazer o pedido, já que o cliente não precisa esperar para ser atendido: ele mesmo faz o seu pedido e pode pagar online ou por PIX.

Você pode criar seu Aplicativo Próprio no MenuDino e ter as seguintes vantagens:

  • Sem cobrança de taxas sobre os pedidos
  • Receber pedidos ilimitados e integrados ao sistema de gestão
  • Não depender do WhatsApp para finalizar o pedido
  • Não precisa de um funcionário para receber os pedidos
  • Pode enviar notificações push
  • Promoções e cupons de desconto
  • Programa de Fidelidade
  • Soluções para logística de entregas

Assim, terá autonomia e não correrá o risco de perder vendas quando acontecer uma pane no WhatsApp ou porque o telefone não dá conta de atender a demanda.

O ideal mesmo é você ter as duas opções no seu Delivery tanto o telefone quanto o aplicativo Delivery próprio.  Afinal, isso significa que os clientes terão mais opções de canais para comprar com você!

O MenuDino tem Aplicativo de Delivery Próprio sem taxas para o seu restaurante.

Venda sem Depender do WhatsApp: Crie um Aplicativo Próprio para o Seu Delivery no MenuDino

Falhas podem acontecer com qualquer aplicativo, como comprovou a pane no WhatsApp. Mas o seu negócio precisa ter segurança para vender.

Por isso, investir no aplicativo próprio para o seu Delivery vai garantir que você continue vendendo mesmo se o WhatsApp cair outra vez.

O MenuDino é o Portal de Delivery próprio mais completo do mercado e conta com as melhores condições de custo-benefício.

Com ele, você terá mais autonomia e liberdade para vender sem depender de terceiros.

Conheça todas as soluções do MenuDino na prática com o teste gratuito no seu restaurante durante 15 dias sem nenhum compromisso.

Experimente grátis!

Patricia Carvalho

Patricia Carvalho

Formada em Letras pela Unesp, possui cursos na área de produção de conteúdo, Copywriting e SEO. É redatora na Consumer, buscando sempre trazer conteúdo de valor para donos(as) de bares e restaurantes.

Deixe um Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.